Aprovação da reforma da Previdência causa impasse na paridade da PCDF

0
70
(foto: Kleber Sales/CB/D.A Press)

O governador Ibaneis Rocha não pretende pressionar o governo federal para enviar ao Congresso o projeto de lei que garante o aumento salarial da Polícia Civil. Em 26 de fevereiro, o governador entregou ao ministro da Economia, Paulo Guedes, a proposta que garante 37% de reajuste à corporação, divididos em seis parcelas até 2021.

Em meio às negociações para aprovar a reforma da Previdência e enfrentando dificuldades na articulação com o Congresso, o governo Bolsonaro não quer se envolver em polêmicas.

A proximidade do presidente com a área de segurança acendeu a esperança nos policiais de que ele poderia atender o pleito da corporação, mas a demora mostra que a missão será difícil.

Ibaneis quer focar agora nas negociações para derrubar a decisão do TCU que retirou dinheiro do Fundo Constitucional do DF relacionado ao imposto de renda dos servidores das forças de segurança.

Informações do Jornal Correio Braziliense