VITÓRIA DO CARILLE

Vitória e Corinthians faziam um jogo truncado na Fonte Nova, quase sonolento e se arrastando para o fim quando Fábio Carille mexeu bem no time paulista: trocou um volante (Maycon) por um meia aberto (Marquinhos Gabriel), centralizando Jadson, aos 26 do segundo tempo. Quatro minutos depois, o resultado: gol de Jô, o único da partida. Com o placar de 1 a 0, o Corinthians pulou para quatro pontos em duas rodadas do Campeonato Brasileiro. Já o Vitória permanece com um.

JÔ BRILHA MUITO

Jô marcou o único gol do jogo, aos 30 minutos do segundo tempo, em contra-ataque puxado por Marquinhos Gabriel e com a participação de Jadson. O centroavante só teve o trabalho de tocar na saída de Fernando Miguel. Jô, aberto na esquerda, estava em posição legal – o lateral-esquerdo Gefferson dava condição. Foi o segundo gol do Corinthians no Brasileiro e o segundo de Jô. Já o Vitória, que estreou com um 0 a 0 diante do Avaí, ainda não fez gol.

 PROBLEMA NA ZAGAO Corinthians, que já não tinha Pablo, machucado, perdeu Balbuena também por lesão aos 22 minutos do segundo tempo. Léo Santos entrou e formou uma zaga de garotos com Pedro Henrique.

VAIAS E APLAUSOS

Cleiton Xavier foi substituído aos 19 do segundo tempo pelo argentino Pisculichi. Alguns torcedores, principalmente atrás do banco de reservas, ensaiaram uma vaia. Mas logo aplausos de incentivo trataram de calar os mais críticos.

PÚBLICO E RENDA

Total de pagantes: 16.515 torcedores.
Renda: R$ 460.438,50

Fonte: Globo Esporte