Começou a doação sangue voluntária

Segundo o hemocentro o resultado dessa campanha poderá ajudar até 1,2 mil pessoas

Na tarde de ontem às 15h começou no hemocentro de Brasília a campanha mais que salvar vidas, um pacto de amor com a sociedade, a doação de sangue voluntária dos alunos do Centro de Formação de praças do Corpo de Bombeiros de Brasília. 

Hoje compareceram 30  alunos de um total de 300. A campanha terá uma duração de 10  dias. Segundo o hemocentro o resultado dessa campanha poderá ajudar até 1,2 mil pessoas.

A ação faz parte da mobilização em apoio ao Dia Nacional do Doador de Sangue, comemorado no último dia 25 de novembro.

“Ao todo, trezentos bombeiros participarão da ação, que faz parte do programa do Corpo de Bombeiros – Mais que Salvar Vidas, Um Pacto de Amor com a Sociedade”, explicou o responsável pela turma, capitão Guilherme Negrão. A previsão dos militares é que até 1.200 pessoas sejam contempladas com a doação, já que em cada doação podem ser coletados até 470 ml de sangue.

Para a chefe de Triagem Clínica, a enfermeira Priscila Carvalho, a iniciativa da corporação é fundamental para manter os estoques de sangue do Hemocentro. “A atitude dos bombeiros é um exemplo para a sociedade e contribui para que possamos assistir toda a rede pública de saúde no Distrito Federal”.

Para doar sangue é necessário preencher alguns requisitos, como ter entre 16 e 69 anos de idade, pesar mais de 51 quilos e não estar usando medicamentos.

Saiba mais no site do hemocentro. (http://www.hemocentro.df.gov.br/doacao-de-sangue/)

Informações do Jornal de Brasília

PUBLICIDADE