ANDRE BORGES/AGÊNCIA BRASÍLIA

O concurso da Polícia Militar do Distrito Federal (Concurso PM DF 2017) tem grande expectativa de ser divulgado a qualquer momento. O certame, que tem previsão de oferecer 2.024 vagas, já foi autorizado pelo Governo do DF e conta com organizadora definida. A remuneração atraente, benefícios e estabilidade promete atrair diversos candidatos de toda parte do país.

Em divulgação no Diário Oficial do DF desta segunda-feira, 05 de junho, foi informado que o recurso impetrado pelo Ibade foi negado pelo Departamento de Logística e Finanças. Com isso, o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades) está habilitada para organizar o concurso da PM/DF. Agora, o próximo passo agora será a declaração de dispensa para a entidade organizadora e posterior contratação. A expectativa é que o edital seja divulgado até o fim deste mês.

O certame tem previsão de oferecer vagas para Soldado Policial, Especialistas Corneteiros e Especialistas Músicos. A corporação tem objetivo de divulgar a abertura do concurso PM/DF ainda este ano.

Edital Concurso PM/DF terá 2.024 vagas

O documento de autorização do concurso informa que o concurso terá validade de dois anos, com possibilidade de prorrogação por igual período, sendo que a oferta de vagas será distribuídas em três turmas. A primeira está previsto para outubro deste ano, com ingresso de 500 policiais, e as demais contarão com a entrada de 750 policiais, cada uma, totalizando 2.000 vagas. As demais oportunidades serão destinadas a músicos (24 vagas).

De acordo com o Governo local, o Distrito Federal conta com uma grave perda de seu efetivo, que tem se agravado dia a dia. “Nós tivemos 2.030 (duas mil e trinta) aposentadorias de policiais militares desde o início da nossa gestão. Isso nos levou ao esforço extraordinário de tirar policias do serviço administrativo para as ruas, mas já autorizamos a realização de concurso para a polícia militar, que deverá ser realizado no ano que vem, com 1.900 vagas para reposição do efetivo“, informou o titular do governo em entrevista.

O setor de Recursos já cuida da abertura do concurso da PM DF 2017 para Soldado. De acordo com a assessoria de imprensa da Seplag, o concurso foi autorizado desde o dia 22 de julho de 2016 pela Câmara de Governança Orçamentária, Financeira e Corporativa do Distrito Federal. Ainda neste dia, o processo foi encaminhado para a Subsecretaria do Tesouro da Secretaria de Fazenda (SUTES) do DF para as providências cabíveis, uma vez que o concurso em questão envolve recursos do Fundo Constitucional do DF e a SUTES é a gestora do referido fundo. Durante entrevista no dia 11 de agosto, o governador do DF, Rodrigo Rollemberg, também confirmou que  já autorizou a abertura do certame.

Conteúdo das Provas

A expectativa é que os candidatos sejam avaliados por provas objetivas, sendo cobradas as mesmas disciplinas do último edital, quando contou com 60 questões. No bloco de conhecimentos Gerais, os inscritos foram avaliados por provas de Língua Portuguesa, Atualidades, Raciocínio Lógico e Noções de Informática. Já na parte de Conhecimentos específicos, os candidatos tiveram que responder perguntas de Noções de Administração e Psicologia, Lei Orgânica do Distrito Federal, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual, Noções de Direito Penal, Legislação Extravagante e Noções de Direito Penal Militar.

A prova objetiva de Conhecimentos gerais contou com 20 (vinte) questões e peso 1 (um), enquanto a prova de Conhecimentos específicos, contendo 40 (quarenta) questões, teve peso 2 (dois). Foi reprovado na prova objetiva e eliminado do concurso público o candidato que teve pontuação inferior a 50% (cinquenta por cento) do máximo de pontos possíveis na prova objetiva de conhecimentos gerais e 50% (cinquenta por cento) do máximo de pontos possíveis na prova objetiva de conhecimentos específicos.

Fonte: Notícias Concursos