Hoje ocorreu a convenção do Partido Democrático Trabalhista – PDT. Nunca escondi minha militância na juventude socialista e minha dedicação a causa trabalhista e educacionista dentro e fora da Corporação.

Fiquei muito feliz ao estar presente na escolha do nosso Senador Cristovam Buarque, para concorrer a reeleição a vaga de Senador nas próximas eleições, ele acabou com o “rancho” na Polícia Militar do DF – nos repassando o dinheiro – e do Deputado Distrital Reguffe, que foi o deputado que mais destinou verbas para PMDF, para concorrer a vaga de Deputado Federal.

Outra felicidade foi ver o amigo PROFESSOR ISRAEL, jovem cientista político, ex-estudante da UNB, professor do Alub e o ex-secretário de trabalho mais jovem do país, iniciando sua caminhada rumo a Câmara Legislativa, juntamente com os amigos blogueiros e leitores do blog Policiamento Inteligente, Alex Alves e André Dutra. Lá estavam também os companheiros da PMDF que lançaram suas candidaturas para Deputado Distrital pelo partido, SGT GAMELEIRA e SGT MOACIR SANTOS, além do candidato a Deputado Federal MAJOR ALESSANDRO.

Há tempos venho trabalhando uma idéia nos bastidores que hoje vi ganhar força e adeptos. A criação de uma Guarda Distrital como forma de reforçar a segurança pública no DF. Essa Guarda será responsável pela preservação do patrimônio, principalmente praças e prédios públicos, o que fará com que a destinação do efetivo da PMDF seja realmente para a sua função preventiva!

Além de uma necessidade é um tendência natural. Já temos adeptos em partidos da situação e de oposição ao governo. Uma luta suprapartidaria em prol da segurança do DF.

Nosso efetivo é limitado por lei. Uma forma de aumentar a quantidade de homens para servir aos cidadão é criando uma força complementar de segurança pública.

Além da Guarda Distrital, não podemos esquecer do Termo Circunstanciado como forma de agilizar as ocorrências, dando maior efetividade as forças de segurança pública, em especial a Polícia Militar.

Quando se fala em eficiência e eficácia em segurança pública não podemos deixar de lado os dois principais pontos: EFETIVO E DESBUROCRATIZAÇÃO DO SISTEMA!