Integrantes do MP Militar estão de olho na corrida à sucessão de Dodge

0
69

Nos novos tempos do país, integrantes do Ministério Público Militar (MPM) têm se animado a disputar a sucessão da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, cujo mandato termina em setembro. Será a primeira nomeação do presidente Jair Bolsonaro para o comando do Ministério Público, em tempos tão conturbados sobre encaminhamentos do STF.

Um dos candidatos apontados como certos é o atual procurador-geral do MPM, Jaime de Cássio Miranda (foto). O conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público Marcelo Weitzel Rabello de Souza, que também foi procurador-geral do MPM, ainda não falou abertamente sobre entrar no páreo, mas colegas têm mencionado o nome dele. Miranda, no entanto, é um crítico da lista tríplice que a Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) organiza a cada dois anos.

Informações da Coluna Eixo Capital/Por Ana Maria Campos, Jornal Correio Braziliense