Mulher é presa após tentar subornar PMs com R$ 10 mil para que não fosse detida

Além do suborno, ela deve responder por porte ilegal de arma de fogo

Uma mulher foi presa nesta sexta-feira (17), suspeita de tentar subornar policiais com mais de R$ 10 mil para que não fosse detida por porte ilegal de arma de fogo. De acordo com a corporação, o marido dela tentou impedir a prisão e também foi preso por desobediência e resistência. 

Segundo a PM, os policiais suspeitaram de um “volume” que viram na cintura da mulher. Ao fazerem a abordagem, os policiais notaram que se tratava de um revólver calibre 38 com seis munições.

Ao ser flagrada com a arma, os policiais contam que a mulher tentou suborná-los oferecendo um total de R$ 10.743 em dinheiro. Diante disso, a mulher foi presa e responderá por porte ilegal de arma de fogo e corrupção ativa.

O caso ocorreu em Goiânia-GO. Ela e o marido foram encaminhados à delegacia, junto com a arma de fogo e o dinheiro. Ainda segundo a PM, a mulher já tinha duas passagens por tráfico de drogas.

Informações do Jornal de Brasília

PUBLICIDADE