- Publicidade -
- Publicidade -

Portal Goiás – Nota Fiscal Goiana retoma premiações e vai ajudar times de futebol

A partir de maio, os consumidores que tiverem CPF na nota e forem inscritos no programa Nota Fiscal Goiana no site da Secretaria da Economia (www.economia.go.gov.br) poderão concorrer a prêmios de R$ 500,00 a R$ 50 mil. Todo mês serão sorteados 158 consumidores. No final do ano, serão realizados sorteios especiais, com valores maiores, de até R$ 400 mil.

Em entrevista ao programa Boa Noite Goiás, comandado por Paulo Beringhs, a secretária de Estado da Economia, Cristiane Schmidt, anunciou, nesta quarta-feira (17), outra novidade dessa nova etapa do Nota Fiscal Goiana. Segundo ela, ao se inscrever no programa, o consumidor, além de seu CPF, vai poder informar o time de futebol goiano do coração. Assim, na hora da compra e de pedir a nota fiscal, além dos prêmios a que ele estará concorrendo, vai poder  ajudar seu time a arrecadar mais.

Cristiane Schmidt disse que o programa também garantirá descontos no IPVA. E acrescentou que os times de futebol beneficiados pelo programa são aquelas 12 equipes que disputam atualmente a primeira divisão do Campeonato Goiano.

A secretária informou que, até o ano passado, ainda estava quitando restos a pagar do governo anterior. Entre eles, estavam sorteios do programa Nota Fiscal cujos pagamentos não tinham sido honrados aos cidadãos. Dessa vez, garantiu, a situação será completamente diferente. Será realizada toda uma gestão orçamentária e financeira, justamente para “restabelecer a ordem na casa e a volta de alguns programas”.

Conscientizar

Segundo ela, o Nota Fiscal Goiana é um programa da Secretaria da Economia, do Fisco Estadual, cujo objetivo principal é conscientizar o consumidor sobre a importância de pedir a nota fiscal na hora de fazer suas compras. Lembrou que os governos, de forma geral, não produzem e precisam arrecadar para levar adiante programas, como o Protege e o Universitários do Bem, garantir o passe livre estudantil, promover a regionalização da saúde, fazer os investimentos em infraestrutura, entre outros. “Quanto mais o governo arrecadar, melhor para a sociedade”, destacou.

A titular da Pasta da Economia falou ainda sobre a prorrogação do prazo do Programa de Regularização Fiscal Facilita, que possibilita a renegociação de débitos do ICMS, IPVA e ITCD, com descontos de até 98% nos juros e nas multas.

Fonte: ABC Digital

 

Redaçãohttps://aderivaldo23.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Publicidade -
x
»
»