- Publicidade -
- Publicidade -

PMDF ministra curso e instruções aos cadetes da academia militar das Agulhas Negras

fotos: cabo Milhomem

Na manhã do dia 11 de junho, o Batalhão de Operações Especiais (BOPE) de Brasília realizou a cooperação de Instruções para o curso de Material Bélico da Academia Militar de Agulhas Negras (AMAN).

Esta cooperação de Instrução tem por objetivo consolidar os conhecimentos dos cadetes do 4° ano do Curso de Material Bélico na disciplina de Remoção e Destruição de Artefatos Explosivos (RDAE), em particular dos IED, artefatos explosivos improvisados, haja vista à capacitação e referência do BOPE da PMDF nessa área.

Na ocasião o comandante-geral, coronel Vasconcelos, desejou boas-vindas e prestigiou os cadetes presentes na solenidade, e presenteou a turma com uma Challenge Coin (moeda) da PMDF que foi entregue ao Major Figueiredo da Academia Militar de Agulhas Negras (AMAN).

A cooperação de Instrução entre o Curso de Material Bélico e o BOPE da PMDF teve início em 2015 e de lá para cá vem promovendo o aperfeiçoamento anual dos jovens oficiais do Exército Brasileiro formados na AMAN.

A cooperação de Instrução do dia de hoje visa complementar o estágio de explosivista ministrado aos cadetes na última semana de abril na AMAN, possibilitando aos cadetes conhecerem as instalações do BOPE e em particular do Esquadrão Antibombas e também o manuseio de explosivos e instrução das técnicas, táticas e procedimentos do Esquadrão antibombas em missões de varreduras e remoção de explosivos.

A comitiva da AMAN está constituída por 25 cadetes do 4° Ano do Curso de Material Bélico, Instrutores e Monitores. A atual turma será a primeira turma de Oficiais do Segmento feminino a se formarem na Academia Militar de Agulhas Negras, dentro do Projeto de Inserção do Segmento Feminino na Linha do Ensino Militar Bélico e o projeto teve início em 2013 e em breve será entregue à Força Terrestre sua primeira turma de oficiais composta de ambos os sexos.

Segundo o Major Figueiredo da AMAN, Dos 25 cadetes, que compõe a atual turma do 4° ano de Material Bélico da AMAN, 10 são do Segmento Feminino, destacando-se a Cadete Vitória, primeira colocada da turma. “com certeza essas jovens oficiais irá a partir de 2022, contribuir muito para o fortalecimento do Exército Brasileiro como Instituição.” afirma o major.

A AMAN é a escola do Exército Brasileiro responsável pela formação dos oficiais da Linha Combatente da Força Terrestre. Anualmente, a Academia entrega a Sociedade Brasileira, em média, 440 novos oficiais, que irão mobiliar as mais diversas Unidades e Batalhões do Exército em todas as Regiões do País. Neste ano, dentre esses oficiais estarão 25 oficiais do Segmento Feminino, sendo 10 do Quadro de Material Bélico e 15 do Serviço de Intendência.

Redaçãohttps://aderivaldo23.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

NOTÍCIAS RELACIONADAS

x
»
»