- PUBLICIDADE -

Premier League: Everton arranca empate com United fora de casa

O Manchester United ficou no empate por 1 a 1 em casa contra o Everton pelo Campeonato Inglês neste sábado (2), após o gol de Andros Townsend empatar a partida cujo placar havia sido aberto por Anthony Martial para o time da casa.

Foi mais um resultado decepcionante para o United, após a derrota como mandante para o Aston Villa, semana passada, e manteve o começo impressionante do Everton sob o comando do técnico Rafa Benítez.

Os dois times chegaram a 14 pontos, junto com o líder Liverpool que recebe o Manchester City em Anfield neste domingo (3).

O técnico do United, Ole Gunnar Solskjaer, após a vitória sobre o Villarreal pela Liga dos Campeões na quarta-feira (29) colocou Cristiano Ronaldo, Paul Pogba e Jadon Sancho no banco de reservas – com os três entrando no segundo tempo.

O United começou bem, com Martial cabeceando para fora e Edinson Cavani forçando Jordan Pickford a uma defesa com uma cabeçada firme, após um bom cruzamento de Fred.

O Everton, porém, estava bem organizado e preparado para contra-atacar. O enérgico Demarai Gray exigiu uma intervenção de David De Gea após avançar pela esquerda aos 34 minutos.

Mas o United merecidamente abriu o placar, dois minutos antes do intervalo, quando Mason Greenwood, encontrou Bruno Fernandes, que passou a Martial. O chute do francês sofreu um leve desvio antes de superar Pickford.

Solskjaer fez uma dupla substituição aos 12 minutos da etapa final, colocando Ronaldo e Sancho nas vagas de Martial e Cavani, mas as trocas não tiveram o efeito desejado de matar a partida.

Ao contrário, o Everton atingiu o United no contra-ataque. Após um escanteio do United, Gray venceu Fred na força antes de encontrar Abdoulaye Doucouré, que passou à direita para Townsend, que bateu rasteiro contra um estático De Gea.

Os visitantes pareciam ter conseguido o gol da vitória no final quando o passe de Tom Davies foi convertido por Yerri Mina, mas a análise do assistente de vídeo mostrou que o colombiano estava impedido.

Houve uma chance nos minutos finais para Jadon Sancho, acionado por um calcanhar de Ronaldo, mas seu chute fraco foi facilmente defendido por Pickford.

Para o Everton o resultado foi um indicativo de que talvez consigam manter uma candidatura a vaga em competições europeias nesta temporada – especialmente quando puderem acionar os atacantes lesionados Dominic Calvert-Lewin e Richarlison.

Redaçãohttps://aderivaldo23.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
x