- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
13.2 C
Brasília
- Publicidade -

BOMBEIRO DF// Vinte URs para a Operação COVID-19 e mudanças na DISAU

Uma nova parceria entre o CBMDF e a Secretaria de Estado de Saúde, por meio do Serviço Móvel de Urgência – SAMU DF, foi firmada visando responder o avanço dos casos de Coronavírus no DF. O novo serviço, que teve início dia 13 de julho, colocou à disposição da população mais vinte viaturas tipo ambulância para atendimento de pacientes acometidos pela doença e que necessitam de remoção intra-hospitalar, seja para ocupar um leito de UTI ou porque deixou de ocupar esse tipo de leito, mas ainda precisa de acompanhamento médico.

O objetivo da parceria é agilizar o transporte desses pacientes na rede hospitalar para que haja a desocupação dos leitos de UTI, aumentando, assim, as vagas disponíveis para acomodar os pacientes que apresentam quadro clínico mais grave e que necessitam do suporte avançado.

Na última sexta-feira, dia 10 de julho, 36 bombeiros militares médicos participaram de uma capacitação com profissionais do SAMU. O treinamento abordou os seguintes temas: ventilação mecânica; cardioversão e desfibrilação; intubação de pacientes com coronavírus; transporte de crianças; além de equipagem e desequipagem dos EPIs. O CBMDF também disponibilizou para essa parceria os condutores para as Unidades de Resgate.

As novas viaturas disponíveis ficarão sediadas no Grupamento de Atendimento de Emergência Pré-Hospitalar, GAEPH, e serão empregadas de acordo com a gravidade do quadro de saúde do paciente vítima de COVID-19: as de Suporte Avançado de Vida serão dedicadas aos pacientes com quadro grave e que deverão ser transportadas para um leito de UTI. As demais para os egressos destes leitos de UTI, mas que ainda ocuparão um leito na unidade de saúde.

Desta maneira o Corpo de Bombeiros Militar do DF reforça seu compromisso com a população, cumprindo sua missão de ajudar da melhor forma possível os cidadãos do DF, especialmente neste período de pandemia.

Mudanças no funcionamento da DISAU

Em razão deste trabalho em conjunto entre SAMU e os médicos que irão compor as URs, serão feitos os seguintes ajustes no funcionamento da Diretoria de Saúde (DISAU) e suas unidades subordinadas:

1 – Suspensão por 30 dias no atendimento eletivo na POMED (Ambulatório, Inspeção Bienal, Radiologia, Exames de Endoscopia e Colonoscopia, Enfermaria, Fisioterapia e Centro Cirúrgico), CECAF, CEABM (Psiquiatria) e PODON (perícia e auditoria odontológica);

2 – Suspensão por 30 dias das autorizações para procedimentos cirúrgicos eletivos (não emergenciais) para a rede credenciada;

3 – Realização de atendimentos odontológicos de urgência na PODON apenas no período vespertino.

4-As medicações de uso contínuo poderão ser requeridas aos médicos no tele orientações ou junto ao Médico de Dia.

O atendimento emergencial na rede credenciada seguirá em funcionamento normal. Essas medidas passam a vigorar a partir de 13 de julho, por um período de 30 dias, podendo ser reavaliadas de acordo com eventuais mudanças de cenário.

(function(d, s, id) {
var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0];
if (d.getElementById(id)) return;
js = d.createElement(s); js.id = id;
js.src = “https://connect.facebook.net/pt_BR/all.js#xfbml=1”;
fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);
}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

Redação
Redaçãohttps://aderivaldo23.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.

Notícias Relacionadas

Comentários