- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

Investigação da Polícia Civil resulta na apreensão de armas de fogo e drogas no Jangurussu

Um trabalho investigativo desencadeado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) resultou, na tarde dessa segunda-feira (22), na apreensão de duas armas de fogo municiadas, sendo uma das armas, uma espingarda calibre 12 artesanal. Ainda durante a ação, que ocorreu no bairro Jangurussu, na Área Integrada de Segurança 3 (AIS 3), policiais civis apreenderam uma pequena porção de maconha e crack, além de outros materiais utilizados de drogas, como um caderno contendo anotações da movimentação ilícita e diversos sacos plásticos.

A investigação teve início após policiais receberem a informação que um homem estaria se exibindo em redes sociais ostentando armas de fogo. Diante disto, os policiais civis iniciaram uma investigação para localizar o indivíduo. Durante as diligências, as equipes identificaram que o homem que aparece nas imagens mora em uma residência localizada na Vila Pincel, no bairro Jangurussu.

Chegando ao local indicado, os policiais civis identificaram o suspeito em frente a uma das casas da vila. Ao avistar a aproximação da composição policial, o suspeito fugiu pelos fundos da residência, utilizando o quintal de vizinhos como rota de fuga. A Polícia Civil segue em diligência para capturar o alvo.

No interior do imóvel, os policiais civis encontraram um vasto material ilícito, sendo um revólver calibre 38, uma espingarda artesanal calibre 12, ambas municiadas, duas balanças de precisão, uma pequena quantidade de maconha, crack e um pó branco, ainda de origem desconhecida, além de um caderno contendo diversas anotações sobre o tráfico de drogas na região. Todo o material foi apreendido e será utilizado durante as investigações, que seguem com o intuito de prender todos os envolvidos na prática criminosa.

Denúncias

A Polícia Civil do Ceará reforça a importância da população repassar informações sobre crimes que tenha conhecimento. As denúncias podem ser realizadas por meio do 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou pelo WhatsApp (85) 98865 2158, do 30º DP. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: PCCE
Redaçãohttps://aderivaldo23.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Publicidade -
x
»
»