- PUBLICIDADE -

Polícia Civil prende envolvidos em latrocínio de idoso no Mondubim

Um trabalho rápido coordenado pela Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) resultou, no começo da tarde de ontem (3), nas prisões em flagrante de três homens suspeitos de envolvimento no crime de latrocínio (roubo seguido de morte), que teve como vítima um comerciante de 63 anos. O crime ocorreu no bairro Mondubim – Área Integrada de Segurança 9 (AIS 9) de Fortaleza. Além das capturas, uma arma de fogo, munições, uma motocicleta, celulares e documentos também foram apreendidos por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Os detalhes do trabalho policial foram apresentados nesta terça-feira (4), na Superintendência da Polícia Civil.

Assim que as equipes do DHPP foram acionadas para o local do crime, um comércio situado no bairro Mondubim, os investigadores colheram as informações iniciais, bem como analisaram as imagens das câmeras de segurança do local do crime, a fim de identificar os partícipes da ação criminosa. Com as características do suspeito que atirou no comerciante, um idoso de 63 anos, que chegou a ser socorrido, mas morreu após atendimento médico, os policiais civis iniciaram diligências ininterruptas e lograram êxito na localização dos alvos. Inicialmente, os agentes de segurança encontraram trafegando em uma motocicleta o homem identificado como Caio Silva de Sousa (34), que não possuía antecedentes criminais.

Indagado sobre o fato, Caio informou que havia emprestado sua motocicleta para outra pessoa, do qual os investigadores localizaram e identificaram como Lucas Rosa Gonçalves de Sousa (25), conhecido como “Zé Pequeno”, com antecedentes criminais por integrar organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e roubo. Com Caio, em primeiro momento, foram encontradas a mochila, a moto usada por Lucas e um capacete. Segundo informações policiais, “Zé Pequeno” é quem entra no estabelecimento e atira no idoso. Ele foi encontrado em uma casa na comunidade do Lagamar, no bairro Aerolândia – AIS 7 de Fortaleza. Já a arma usada no crime, que estava em posse e foi emprestada por Eduardo Eric Cavalcante, de 22 anos, foi encontrada na localidade de Arvoredo.

Diante dos desdobramentos investigativos, o trio foi conduzido à especializada. No DHPP, Lucas e Caio foram autuados em flagrante pelo crime de latrocínio. Já Eduardo foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. As investigações continuam, a fim de identificar a participação deles em outros crimes nas regiões pertencentes às AIS 7 e 9 de Fortaleza.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia.

As denúncias podem ser encaminhadas ainda para o número (85) 3257-4807, do DHPP. O sigilo e o anonimato são garantidos.

Fonte: PCCE
Redaçãohttps://aderivaldo23.com
Portal Especializado em Segurança Pública e Política.
- PUBLICIDADE -

COMENTÁRIOS

Html code here! Even shortcodes! Replace this with your code and that's it.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -