PF apreende 9,5 kg de cocaína no Aeroporto de Brasília

A equipe de fiscalização desconfiou do nervosismo do passageiro e, com o auxílio de cães farejadores, descobriu três pacotes da droga

A Polícia Federal apreendeu 9,5 quilos de cocaína com um passageiro de 33 anos, natural de Rio Grande (RS). Ele tentava embarcar no Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitscheck em um voo com destino final a Vila do Porto, nos Açores, Portugal.

A ação foi realizada em conjunto com a Receita Federal, nessa quarta-feira (20/11/2019). Segundo a PF, a equipe de fiscalização desconfiou do nervosismo do passageiro e, com o auxílio de cães farejadores, descobriu três pacotes de cocaína.

O produto estava escondido em uma bolsa revestida com espuma, dentro da mala do criminoso. Outros dois pacotes se encontravam no interior da estrutura da bagagem.

O preso foi encaminhado à Superintendência Regional da Polícia Federal no DF e responderá pelo crime de tráfico internacional de drogas. A pena pode chegar a 25 anos de prisão.

Tráfico internacional

Uma moradora de Brasília acabou presa pela PF por tráfico internacional na quarta-feira (20/11/2019). Natural de Caxias do Sul (RS), ela era uma das responsáveis por levar carregamentos de cocaína para a Europa. A mulher seguiu para a carceragem da corporação.

Ela fazia viagens internacionais carregando malas recheadas de drogas escondidas em potes de cosméticos e entre as roupas. Um dos principais aeroportos intencionais em que o grupo circulava era o de Lisboa, em Portugal. Seis integrantes da organização criminosa chegaram a ser presos em flagrante no terminal.

Batizada de Wanderlust, a operação mirou na quadrilha especializada no envio do entorpecentes via aeroportos internacionais do país e no tráfico de haxixe para o Brasil. Cerca de 200 policiais federais cumpriram 37 mandados de prisão, dos 40 que foram expedidos.

Informações do Portal Metrópoles

PUBLICIDADE