PMDF apreende duas armas de uso restrito e R$ 12 mil em dinheiro

O acervo ainda continha oito carregadores e 63 munições. Policiais militares encontraram as armas e o dinheiro em uma casa em Ceilândia

0
107
DIVULGAÇÃO/PMDF

A Polícia Militar do Distrito Federal apreendeu R$ 12,3 mil em uma casa no Setor Habitacional Pôr do Sol, em Ceilândia. Na residência, ainda foram encontradas duas pistolas Glock 9mm – de uso restrito das Forças Armadas e das polícias, segundo a corporação –, oito carregadores e 63 munições. O  8º Batalhão fez as apreensões por volta das 20h30 desta quarta-feira (21/3).

Os policiais militares chegaram até o local por meio de uma denúncia a qual informava que um homem estava vendendo drogas e estaria circulando pela região em um Honda Civic. O carro foi encontrado e o motorista abordado nas proximidades da Feira do Produtor, no Setor P Norte. Ele estava sem documentação.

O suspeito assumiu ter uma arma de fogo em casa, segundo a PMDF. Durante as buscas, porém, o acervo foi achado. Um caderno com indícios de anotações de comercialização de drogas também estava em meio aos pertences dele. O homem foi autuado por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Recentemente, ele cumpriu pena de cinco anos por tráfico de entorpecentes, revelou a corporação.

Críticas
Em nota, o Sindicato dos Policiais Civis do Distrito Federal (Sinpol-DF) disse que o armamento, “com alto poder de fogo”, reflete a instalação do crime organizado nas regiões administrativas. “Há menos de um ano, um homem foi morto no Gama, com uma pistola dessas. O vídeo divulgado na época mostrava cerca de 20 tiros sendo disparados, como se fosse de uma submetralhadora”, lembrou.

“Essa é a consequência do sucateamento da Polícia Civil promovido pelo atual governo”, atacou a entidade. Segundo o Sinpol-DF, a falta de efetivo suficiente de agentes e as más condições de trabalho estão conduzindo o Distrito Federal para um cenário semelhante “ao Rio de Janeiro em um futuro próximo”.

Fonte: Portal Metrópoles