O Jornal Correio Braziliense do dia 09/07/17, em sua página 19, além da pesquisa sobre a rejeição do governo, também trouxe outro dado interessante. Ao ser perguntado sobre os dois principais problemas no DF atualmente o entrevistado respondeu:

Fonte: Jornal Correio Braziliense, 09/07/17, pág. 19

A saúde é o grande problema da atual gestão de Rollemberg. Como solução para este problema a solução foi a criação do Instituto Hospital de Base, segundo as autoridades competentes, uma forma de “desburocratizar” o sistema.

O Segundo maior problema é a segurança pública, na frente do desemprego, um dos calcanhares de aquiles, é a “greve” da polícia civil que está prestes a completar um ano e nenhuma providência é tomada. Em frente da maioria das delegacias, que só funcionam de 13h às 19h, faixas com dizeres: “Essa delegacia está fechada por falta de gestão do governo Rollembeg” ajudam a denegrir a imagem do governo e aumentar a sensação de insegurança e insatisfação da população.

As constantes brigas entre as corporações também contribuem para aumentar a crise na segurança pública, além de disputas do Fundo Constitucional e denúncias de uso indevido dos recursos. Os números da Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social também destoam da realidade das ruas, pois com as delegacias fechadas e problemas no número 190,  grande parte da população não registra as ocorrências nem liga para o número de emergência. Para o governo está tudo tranquilo, mas para a população não. Os números refletem isso.