Sobre nós

O projeto Portal Policiamento Inteligente começou com o Blog Policiamento Inteligente e foi idealizado pelo Jornalista, Blogueiro, comunicador  e mobilizador social, Aderivaldo Cardoso, Especialista em Segurança Pública e Cidadania, Pós graduado pelo Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília, autor do Livro Policiamento Inteligente: Uma análise dos Postos Comunitários no Distrito Federal (ISBN: 978-85-912937-0-4).

capa do livro

Objetivo Geral:

O projeto policiamento inteligente tem por objetivo principal levar aos policiais, sem custo adicional, uma aprendizagem diferenciada no campo da segurança pública, fortalecendo valores e atitudes  com a finalidade de permitir o desenvolvimento do policial por meio da análise acadêmica de projetos e reflexão de suas atitudes, proporcionando conceitos básicos de polícia, violência, cultura, polícia comunitária, mediação de conflitos, cidadania, dentre outros, de forma a oferecer ao policial, ferramentas de aprendizagem adequadas e motivadas.

Objetivos Específicos:

1) Proporcionar aos policiais militares contato com as pesquisas acadêmicas de interesse das Corporações policiais;

2) Proporcionar a mudança cultural dentro das Corporações militares, objetivando uma “desmilitarização cultural”;

3) Diferenciar os conceitos de polícia comunitária e policiamento comunitário, ou seja, filosofia, método e ação;

4) Estimular os policiais a serem multiplicadores da filosofia comunitária, ou seja, a tornarem-se verdadeiros líderes, agentes transformadores, em suas comunidades.

5) Mobilizar a população para que ela compreenda o papel da polícia e torne-se uma parceira neste processo.

6) Aproximar a polícia da comunidade e a comunidade da polícia.

Justificativa:

Tendo como base o paradigma da segurança cidadã, que visa uma aproximação entre a polícia e a sociedade, surge uma necessidade de uma mudança cultural dentro das Corporações policiais. O cidadão deve deixar de ser “coibido” e deve passar a ser “protegido”. Ele não é mais o inimigo em potencial, como era no paradigma da segurança nacional, pregado em tempos de ditadura.

Busca-se com o projeto policiamento inteligente, torná-lo um grande movimento em busca da eficiência, da eficácia e da efetividade das ações policiais, por meio da incorporação de temas transversais, de modo a facilitar a compreensão da realidade policial, unindo saberes acadêmicos com o conhecimento experimental, buscando desenvolver no policial a visão crítica que lhe permite um protagonismo ativo, colaborando na tomada de decisões de cunho pessoal ou corporativo, buscando a justiça, a solidariedade, a tolerância e a igualdade na sociedade complexa que se faz hoje, potencializando o conhecimento teórico e sua aplicação prática.

O segredo para atingirmos a eficiência, a eficácia e a efetividade nas ações de policiamento poderia ser resumido na “expressão matemática”:

PLANEJAMENTO + PROFISSIONALIZAÇÃO DO PROCESSO + INVESTIMENTO NA BASE = MUDANÇA CULTURAL

Não há como impedimos que os criminosos produzam resultados, aumentando assim os índices de criminalidade. A única forma de vencê-los é sendo mais eficientes em nossas próprias ações e ocupando espaços (espalhamento territorial), caso contrário, eles o farão.