Por duas ocasiões tive a oportunidade de falar algo sobre o atual Comandante-geral, mas essa é especial.

Por dois dias escrevi sobre a importância de uma boa liderança, hoje seria outro texto, mas ontem algo muito importante aconteceu em minha vida e gostaria de compartilhar com os senhores.

Aprendi em minha vida que um presente dado não necessita ser revelado, mas revelarei, nesse caso, para demonstrar a grandeza de um homem!

Em certa ocasião tive a oportunidade de presentear um comandante com um livro que sempre recomendo aos amigos. Esse livro mudou muita coisa em minha vida. Já o recomendei nesse blog.

Dei “O LIVRO DE OURO DA LIDERANÇA” ao Comandante-geral em uma formatura na Igreja Ministério da Fé, em Taguatinga, de maneira rápida e sem qualquer identificação de que havia sido eu. O objetivo não era aparecer, pelo contrário, era que o livro falasse por si só.

Ontem, para minha surpresa, por volta de dez horas da manhã, meu telefone toca, era meu amigo SGT FERNANDO LIMA, pedindo para eu ligar para o Tenente Kotama, pois o Comandante-geral gostaria de falar comigo, agradecer pelo presente recebido. Se não fosse o Fernando Lima (Líder dos Centuriões da Fé) que estivesse me ligado, talvez eu não acreditasse nessa história.

Pois bem, desloquei-me de Luziânia-GO e fui falar com o Comandante. Nunca havíamos nos encontrando pessoalmente. Conhecíamos apenas as idéias um do outro.

Conheci um Comandante Líder! Um homem visionário, a frente de seu tempo. Um homem que pensa a Instituição a longo prazo, que está preocupado em planejá-la para que seus sucessores dêem continuidade ao seu legado. Um homem equilibrado, educado, que trabalha para a vaidade se afastar dele. Um homem simples, pelo cargo que ocupa, aberto ao diálogo e as novas idéias…

Você conhece um homem pelos livros que leu, por seus mentores intelectuais, em sua “biblioteca” em sua sala, ví que é um grande homem, um grande pensador, um grande líder.

Somente um grande homem “perderia” seu precioso tempo, ligando para um soldado, para agradecer por um presente recebido. E depois ainda conversar por vários minutos sobre a Corporação, suas idéias e seus projetos. Esclareceu-me sobre a retirada das disciplinas Polícia Comunitária e método Giraldi do curriculum de nivelamento. Que todos cursarão o método Girald nos Cursos de Aperfeiçoamento de Praças. Falou-me da “injustiça” da meritocracia, em nossa sociedade, mas de sua importância para o nosso crescimento. Foi uma excelente conversa.

A maior HONRA que já recebi em minha vida. Dialogar com um Comandante e Líder como o Coronel Martins. Obrigado COMANDANTE e LÍDER, nunca esquecerei esse dia! O presente que me deste nunca poderei retribuir. É uma honra tê-lo como meu Comandante-geral!

É um comandante diferente…
A polícia tem muito a crescer com suas idéias.
A polícia tem muito a aprender com suas ações.
Vejo a democratização, em todos os níveis, chegando em nossa Corporação…
Creio que as frases abaixo nunca foram tão verdadeiras:

A POLÍCIA PRECISA MUDAR;
A POLÍCIA ESTÁ MUDANDO;
A POLÍCIA VAI MUDAR!!!